SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Após uma semana, caldeireiro que pescava em Gargaú segue desaparecido

Família vive a angústia por falta de informação

POSTADO EM 06/03/2017 18:40:00 POR: VNOTÍCIA

 

Nesta segunda-feira, 06-03, completa uma semana do desaparecimento do caldeireiro Jocielmo dos Santos Domires, 52 anos, que se afogou na segunda-feira de carnaval, 27-02, na Foz Norte do Rio Paraíba do Sul, na Praia de Gargaú, litoral de São Francisco de Itabapoana. A família vive a angústia por falta de informação.

 

Jocielmo pescava com um amigo, quando por volta das 21 horas, ao verificar uma rede de espera, desapareceu nas águas.

 

Durante a semana passada foram feitas buscas com apoio de pescadores, mergulhadores dos Bombeiros e equipe do Jet Clube Salvamento Marítimo, mas o caldeireiro não foi encontrado.

 

O desaparecimento foi registrado na 147ª Delegacia Legal de São Francisco de Itabapoana. O Amigo de Jocielmo, que estava pescando com ele, também chegou a se afogar, mas conseguiu nadar até a margem. Segundo familiares, esse amigo, identificado como Paulo, viu quando Jocielmo submergiu e não voltou mais à superfície.

 

Segundo Waldo Pessanha, responsável pelo Jet Clube Salvamento Marítimo, que presta serviço à Prefeitura de São Francisco de Itabapoana, no dia do afogamento a direção do vento estava sudoeste. “Acredito que as correntes marinhas tenham o levado para a direção Norte. Até ontem estávamos monitorando toda a costa de São Francisco de Itabapoana, mas até agora nenhum sinal do caldeireiro”, disse Waldo. O Corpo de Bombeiros do Espírito Santo já foi notificado do desaparecimento do caldeireiro.

 

Relembre caso de corpo que foi encontrado na Praia dos Sonhos em 2014

 

O Blog do Paulo Noel acompanhou o caso de um cobrador de ônibus que matou a mulher em Vila Velha, no Espírito Santo, e depois cometeu suicídio se atirando da Terceira Ponte em Vitória, no dia 03 de março de 2014. O corpo só foi aparecer nove dias depois na Praia dos Sonhos, em São Francisco de Itabapoana. Relembre esse caso em duas postagens datadas de 12 de março e 17 de março daquele ano.

 

 

Leia mais em GERAL