SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Constantes interrupções na energia elétrica provocam transtornos em SFI

POSTADO EM 07/04/2017 21:48:00 POR: VNOTÍCIA
Falhas na energia elétrica queimaram a central telefônica do Hospital Municipal (Foto: Ascom-SFI)
Falhas na energia elétrica queimaram a central telefônica do Hospital Municipal (Foto: Ascom-SFI)

A energia elétrica no município de São Francisco de Itabapoana tem apresentado constantes interrupções nos últimos dias, o que tem deixado a população insatisfeita com a prestação do serviço. Moradores, empresários e o poder público já contabilizam prejuízos e transtornos.

 

A central telefônica PABX da Secretaria Municipal de Saúde, que também atende aos ramais telefônicos do Hospital Municipal Manoel Carola, queimou nesta quinta-feira, 06.

 

A Secretaria Municipal de Saúde informou por meio de nota que o problema foi ocasionado em decorrência das consecutivas quedas de energia elétrica. A nota informa ainda que a Secretaria está providenciando o reparo necessário para que a situação se normalize.

 

O empresário Wagner Gomes, o Waguinho, proprietário de uma empresa que fornece internet banda larga em São Francisco, disse ao Site VNOTÍCIA, que as interrupções de energia têm queimado roteadores e modens de fibra óptica de consumidores.

 

“Nossas equipes não param de receber chamados de clientes com equipamentos queimados. Os transtornos têm sido muito grandes para a população”, disse Vaguinho.

 

A produtora rural Mirtes Batista, moradora em Pingo D’Água, considera uma falta de respeito com a população o que está acontecendo no município.

 

“Se nós ficarmos sem pagar a conta, eles cortam sem dó nem piedade. Mas ela mesma, a Enel, não oferece um serviço de qualidade. Cadê os órgãos competentes para aplicar multas severas? Está faltando respeito com a população de São Francisco de Itabapoana”, disse Mirtes.

 

Durante o Jornal São Francisco é Notícia desta sexta-feira, 07, na Rádio São Francisco, uma ouvinte, moradora na localidade de Imburi, relatou que sua máquina de lavar queimou após as falhas da energia.

 

O que vem agravando os transtornos é que, após ser interrompida, a energia vai e volta várias vezes em sequência, afetando diretamente equipamentos eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

 

Contraponto

 

Em nota enviada ao VNOTÍCIA e à Rádio São Francisco, a Assessoria de Imprensa da Concessionária de Energia Enel, antiga Ampla, alegou que está realizando serviços de manutenção no município, e que precisa realizar os desligamentos programados. A concessionária disse que os desligamentos podem ser conferidos no site da companhia.

 

Tão logo tenha recebido o e-mail com as explicações, por volta das 15h30, a reportagem do VNOTÍCIA entrou no site indicado pela Assessoria da Enel e não verificou desligamento programado para esta sexta-feira, 07, no entanto, no final da tarde, os desligamentos se repetiram.

 

A única região que não está sendo afetada pelos problemas de falta de energia é o litoral sanfranciscano. Na sede do município e nas localidades da Zona Rural os problemas se intensificaram desde a última segunda-feira, 03.

 

Leia a nota enviada pela Concessionária de Energia:

 

A Enel Distribuição Rio esclarece que tem realizado manutenção frequente na rede elétrica da companhia que atende a região de São Francisco de Itabapoana, com foco em poda de galhos próximos à rede e substituição da fiação por cabos isolados, mais resistentes. A distribuidora acrescenta que, para a realização destes serviços, precisa realizar desligamentos programados de energia em trechos de algumas ruas. As datas, horários e locais dos desligamentos podem ser conferidos pelo site da companhia, no endereço: www.eneldistribuicao.com.br, clicando em ‘Para você’ > ‘Consulta sobre Desligamento Programado’. A Enel também tem instalado equipamentos com novas tecnologias para minimizar os danos causados pela poluição salina à fiação.

 

Além disso, a Enel Distribuição Rio está atuando em São Francisco com o Projeto Telecontrole, já aplicado com sucesso nas distribuidoras do Grupo Enel na Itália e na Romênia e que consiste na automação da rede de média tensão, utilizando equipamentos telecomandados e um sistema de gestão para supervisão remota da rede. Isto permite que a distribuidora identifique e isole, mais agilmente e de forma remota, falhas ocorridas na rede. Em casos de interrupção no fornecimento, é possível minimizar os impactos, reduzindo o número de clientes afetados graças a uma maior seletividade da rede.

 

 

Leia mais em GERAL