SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Mulher morre em grave acidente na RJ-224; marido e filhas são levados para hospital

Carro saiu da pista em curva perigosa da localidade de Vilão (SFI) e bateu violentamente em árvore

POSTADO EM 13/04/2017 01:12:00 POR: VNOTÍCIA
O carro em que Janaína e a família estavam ficou destruído (Fotos: WhatsApp/Facebook)
O carro em que Janaína e a família estavam ficou destruído (Fotos: WhatsApp/Facebook)

Matéria atualizada às 20h10 de 13-04-17

 

Uma mulher morreu e três pessoas de uma mesma família ficaram feridas em um grave acidente na noite desta quarta-feira, 12-04, na RJ-224, na curva da localidade de Vilão, em São Francisco de Itabapoana.

 

Janaína Teixeira Alves, 39 anos, morreu na hora. Ela trabalhou como atendente no escritório da Concessionária Ampla, em São Francisco, e ultimamente exercia a função de administradora do Hospital Municipal Manoel Carola.

 

Era por volta das 21 horas, quando Janaína estava com destino a Piúma, no Espírito Santo, em companhia do marido, o pastor Paulo Célio Cypriano Alves, 60 anos, e das duas filhas do casal, uma adolescente de 15 anos e uma menina de 10 anos. Pai e filhas foram socorridos pelas unidades do Resgate Municipal para o Hospital Ferreira Machado.  

 

Segundo informações de populares, o pastor Paulo Célio teria perdido o controle da direção, após tentar fazer uma perigosa curva. O carro, um Ford Fiesta, saiu da pista e bateu violentamente em uma árvore.

 

O veículo ficou completamente destruído. O impacto principal do carro na árvore foi todo no lado do carona, onde estava Janaína, e não na traseira do automóvel, como foi divulgado anteriormente. Portanto Janaína estava no banco da frente com o marido, e no banco traseiro estavam as filhas do casal, a menina de 10 anos e a adolescente de 15 anos. 

 

As vítimas que sobreviveram à tragédia estavam desorientadas e em estado de choque. Paulo Célio Cypriano Alves teve um corte profundo no joelho e ferimentos pelo corpo. R.A., 10 anos, estava com suspeita de fratura na perna, enquanto E.A., 15 anos, estava com ferimentos pelo corpo e muito sonolenta. Os três foram socorridos em estado estável.

 

O Corpo de Bombeiros foi chamado para retirar o corpo de Janaína das ferragens. A tragédia comoveu amigos e conhecidos da família, que lamentaram o ocorrido através das redes sociais.

 

 

 

 

 

 

 

 
 

Leia mais em GERAL