SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Pesquisador da Fiocruz pode ajudar SFI a ser credenciado a receber soro antiescorpiônico

POSTADO EM 26/07/2017 18:24:00 POR: VNOTÍCIA
Foto: VNOTÍCIA/divulgação
Foto: VNOTÍCIA/divulgação

A prefeita de São Francisco de Itabapoana (SFI), Francimara Azeredo da Silva Barbosa Lemos, recebeu nesta terça-feira (25) o pesquisador da Fiocruz Cláudio Maurício Vieira de Souza. Ele está com um projeto em andamento que apresenta o levantamento de diversos casos de ataques de escorpiões em SFI. Os dados podem ajudar o Hospital Municipal Manoel Carola, em Ponto de Cacimbas, a ser credenciado a disponibilizar o soro antiescorpiônico às vítimas de picadas dos aracnídeos.


            Segundo o secretário municipal de Saúde, Sebastião Campista, os dados recolhidos pelo pesquisador são importantes para a cidade. “Essas informações coletadas pelo Maurício irão dar respaldo ao projeto dele e também nos ajudar, pois precisamos desses dados para sensibilizar as instâncias superiores e conseguir disponibilizar no Hospital Municipal Manoel Carola o soro antiescorpiônico para as vítimas de picadas dos aracnídeos”, detalhou.


            Durante a reunião, a prefeita Francimara apresentou a necessidade do município. “No ano passado eu já havia dedetizado a minha casa e quatro dias depois apareceu de novo outro escorpião. Precisamos disponibilizar esse soro no Hospital Manoel Carola, porque o nosso município é muito extenso. Estamos dando o primeiro passo e reunindo esforços porque é compromisso meu, mas não depende só de mim, depende de outras esferas”, disse.


Incidência - De acordo com Maurício, de 2011 a 2015, a cidade são franciscana possui cerca de cinco casos de vítimas que chegaram a óbito. Com essas informações em mãos, o pesquisador agora necessitou ir a campo para dialogar e interagir com as famílias das vítimas. O pesquisador deu outros detalhes do projeto.


“Antes de vir aqui o projeto passou pelo Comitê de Ética. Agora preciso mapear as famílias porque é importante escutar. Além de ganho acadêmico, vamos fazer análise técnica, já que o escorpião é um bicho endêmico desta área. Destaco que o soro é gratuito e o Brasil produz um dos melhores soros do mundo. Em todo o Estado temos nove espécies diferentes de escorpião, sendo o de cor amarela, o pior entre eles”, explicou.


Na oportunidade, o secretário de Saúde convidou Maurício para conhecer as instalações do Hospital Municipal Manoel Carola. O diretor técnico do hospital, o médico Eber Marins, Marcelio de Araújo, da Vigilância Epidemiológica, e Vanuza Oliveira, da Vigilância Ambiental, acompanharam o pesquisador durante a visita. Logo em seguida, o pesquisador foi às localidades de Batelão, Máquina e Amontado para fazer o mapeamento das famílias vítimas de incidentes com escorpiões.

 

Ascom SFI   

Leia mais em GERAL