SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

SFI sedia neste sábado (29) reunião da Pastoral dos Políticos Católicos do Rio de Janeiro

Evento aberto ao público contará com a presença do Bispo Dom Roberto

POSTADO EM 27/07/2017 17:37:00 POR: VNOTÍCIA
Bispo diocesano coordena a Pastoral dos Políticos Católicos (Foto: VNOTÍCIA)
Bispo diocesano coordena a Pastoral dos Políticos Católicos (Foto: VNOTÍCIA)

A Paróquia São Francisco de Paula, em São Francisco de Itabapoana, vai sediar na manhã deste sábado, 29-07, a reunião da Pastoral dos Políticos Católicos Cristãos Regional Leste I da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

 

O encontro, previsto para começar às 10 horas, no salão paroquial, terá a participação do Bispo Diocesano Dom Roberto Francisco Ferreria Paz, que é o coordenador da Pastoral no âmbito da Regional Leste I da CNBB, que congrega todas as dioceses do estado do Rio de Janeiro.

 

Trata-se, portanto, de um encontro estadual, daí a importância do evento. Deputados federais e estaduais, que já militam na Pastoral foram convidados e são aguardados.

 

Segundo o Pároco da Paróquia São Francisco de Paula, Padre Lucas Mendes, foram convidados a prefeita de São Francisco de Itabapoana, Francimara, o vice prefeito Cláudio Henriques, os vereadores, assim como prefeitos e vereadores de outros municípios da Região.

 

“É uma honra para São Francisco de Itabapoana sediar na Diocese de Campos esse encontro. Convidamos também toda a população a participar e conhecer o trabalho desta Pastoral. Esses encontros têm por ideia acompanhar os católicos na política, uma vez que a Igreja tem toda uma doutrina social para orientá-los a não se perderem na caminhada política servidora ao povo", explicou padre Lucas.

 

 

Ainda de acordo com o pároco, a pauta do evento segue da seguinte forma: primeiro é feita a leitura do evangelho do dia, em seguida o bispo faz uma reflexão sobre o evangelho, na sequência Dom Roberto fará uma partilha espiritual, ou seja, uma palavra aos presentes, sobretudo aos políticos, e por fim entra mais na questão social, além dos temas importantes ligados à atividade política.

   

 

Leia mais em GERAL