SOBRE     |     FALE CONOSCO

POLÍTICA

Denúncia de crime eleitoral leva Polícia Federal a cumprir mandado de busca e apreensão em SFI

POSTADO EM 04/04/2018 18:28:00 POR: VNOTÍCIA

 

 

Uma denúncia de crime eleitoral nas eleições municipais de 2016 feita à Polícia Federal levou policiais federais e fiscais da 130ª Zona Eleitoral a cumpriram na manhã desta quarta-feira, 04, um mandado de busca e apreensão no município de São Francisco de Itabapoana. O mandado foi cumprido numa residência que fica na Rodovia RJ-232, entre o Centro de São Francisco e a Praia de Guaxindiba.

 

A denúncia era de que a proprietária do imóvel teria documentos e provas de compra de votos e corrupção eleitoral. Para investigar possíveis provas, a juíza eleitoral Priscila Macuco Ferreira concedeu o mandado de busca e apreensão.

 

O VNOTÍCIA teve acesso ao mandado, que na parte da finalidade diz: “apreender todo e qualquer material utilizado para compra de votos no último pleito eleitoral, bem como anotações ou qualquer outro objeto que se relacione com crime de corrupção em virtude de denúncia nº 20-18.88.20243 ao Departamento da Polícia Federal”.

 

A proprietária do imóvel, E.V., disse ao VNOTÍCIA que os únicos materiais vinculados à campanha eleitoral que ela se recorda que estava em casa, em um quarto nos fundos do imóvel, era material da campanha de 2012 de seu tio. Ela disse que vai ao Cartório Eleitoral no fim da tarde para ter acesso a mais detalhes.

 

O veículo usado pelos agentes da Polícia Federal não chamou atenção ao passar pelo município, pois os policiais usaram uma caminhonete descaracterizada.

 

Segundo o chefe do Cartório Eleitoral, Jorge Louback, que integrou a equipe que cumpriu o mandado, a denúncia que está sendo investigada é de corrupção eleitoral e compra de votos pela campanha que elegeu a prefeita Francimara Barbosa Lemos em 2016.

 

“Apreendemos documentos, mas como as provas colhidas estão sob segredo de justiça, não podemos revelar o que foi apreendido”, disse Jorge.

 

O Site VNOTÍCIA falou por telefone com a prefeita Francimara. Ela disse estar tranquila com relação à campanha que a elegeu.

 

“Estou tranquila. Não comprei votos, e todos sabem que nossa campanha eleitoral foi uma campanha sem muitos recursos financeiros. Também não fiz promessas a ninguém em troca de votos. Os votos dados a mim foram conquistados visitando as famílias desse município”, disse Francimara.

 

 

Leia mais em POLÍTICA