SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Começa Campanha de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite

confira os locais onde a vacina está disponível em SFI

POSTADO EM 06/08/2018 17:55:00 POR: VNOTÍCIA
Secretaria de Saúde disponibilizou 10 locais para vacinação em SFI (Tomaz Silva/Agência Brasil)
Secretaria de Saúde disponibilizou 10 locais para vacinação em SFI (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Começou nesta segunda-feira, 06, e vai até o dia 31 de agosto a Campanha Nacional de Vacinação contra Sarampo e Poliomielite (paralisia infantil). Em São Francisco de Itabapoana (SFI), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) disponibilizou 10 pontos para a vacinação, que tem como público alvo crianças de um ano até menores de cinco anos. A SMS ressalta a importância da imunização, uma vez que o Estado do Rio de Janeiro (RJ) registrou 14 e o Brasil mais de 800 casos de sarampo só neste ano.

 

“Alertamos aos pais e responsáveis que vacinem seus filhos o quanto antes, visto que o prazo estabelecido pelo Ministério da Saúde (MS) é pequeno: até o próximo dia 31. Somente assim, nós conseguiremos criar um bloqueio vacinal no município”, ressaltou o coordenador do setor de Imunização da SMS, Cristiano de Souza. Ele explicou que esta campanha é de reforço, desta forma, as crianças da faixa etária citada que já se vacinaram, vão receber uma dose extra.

 

As vacinas estarão disponíveis de segunda a sexta-feira, entre 8h e 16h. Os locais de vacinação são os seguintes: Clínica da Família Germano Barros Delgado, na área central; Hospital Municipal Manoel Carola (HMMC), em Ponto de Cacimbas; além das Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Barra do Itabapoana, Buena, Gargaú, Guaxindiba, Imburi, Praça João Pessoa, Santa Clara e Travessão de Barra. É indispensável a apresentação da Caderneta de Vacinação.

 

Casos — De acordo com o MS, o país registra atualmente dois surtos de sarampo: em Amazonas e Roraima, com 822 casos confirmados até o último dia 25. Depois deles, o RJ é o estado com mais casos. Quanto à poliomielite, a nação está livre desde 1990, mas a vacinação é de suma importância para prevenir seu retorno.

 

Com informações da Ascom-SFI

 

Leia mais em GERAL