SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Projeto nas escolas municipais leva SFI à etapa nacional do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

POSTADO EM 06/06/2019 17:36:00 POR: VNOTÍCIA

 

Com um projeto desenvolvido na Rede Municipal de Ensino que instituiu a disciplina de empreendedorismo nas escolas municipais, o município de São Francisco de Itabapoana chegou à etapa nacional do 10º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. A solenidade de anúncio dos ganhadores aconteceu na noite desta quarta-feira (5), na sede do Sebrae, em Brasília (DF).

 

São Francisco de Itabapoana disputou na categoria “Empreendedorismo na Escola”, através do tema “Crescimento do Município com o Empreendedorismo Escolar”. Na categoria em que SFI participava, o município vencedor foi Marituba, no Estado do Pará.

 

O município esteve representado na solenidade pela prefeita Francimara Barbosa Lemos. Ela estava acompanhada do vice-prefeito, Claudio Henriques, da secretaria municipal de Educação e Cultura, Yara Cinthia, do secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento, Aldo Júnior, e da coordenadora do projeto, Katia Alves.

 

Em junho do ano passado, o projeto de SFI venceu a disputa entre os 74 municípios inscritos do Estado do Rio de Janeiro, sendo classificado para a fase nacional e uma das 144 cidades contempladas com o selo “Prefeito Empreendedor – Finalista Nacional”.

 

O projeto foi implantado pela atual gestão na rede municipal de ensino com a proposta de formar empreendedores, transformando os estudantes em multiplicadores. A disciplina foi introduzida em turmas do segundo segmento do Ensino Fundamental de 17 escolas, abrangendo cerca de três mil alunos.

 

“Não foi desta vez que ganhamos o prêmio nacional, mas voltamos com o coração cheio de alegria e com a sensação do dever cumprido. Foi uma oportunidade de vivenciar momentos inesquecíveis, além de representar o povo são franciscano com muito orgulho”, destacou Francimara. Para ela, “a lição que fica é que precisamos continuar a trabalhar para que o nosso cidadão empreenda cada dia mais”.

 

A solenidade reuniu autoridades da instituição organizadora do Prêmio, do Legislativo e Executivo Federal e da Organização das Nações Unidas (ONU). De acordo com o Sebrae, na edição deste ano 1.130 projetos de 23 estados (não participaram o Acre, Amazonas, Goiás e Distrito Federal) foram habilitados a participar por meio de oito categorias, todas ligadas “a melhoria do ambiente de negócios para as micro e pequenas empresas, além dos microempreendedores individuais”.

 

Uma comissão formada por funcionários do Sebrae fez uma pré-seleção dos 160 projetos vencedores estaduais para definir os finalistas. Os 51 projetos com maiores notas foram submetidos à comissão julgadora nacional, formada por parceiros da entidade e por especialistas nos pequenos negócios. Todas as avaliações foram realizadas com base em uma matriz de pontuação, com critérios específicos de cada categoria.

 

Com informações da Ascom SFI

 

 

 

Leia mais em GERAL