SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Secretaria de Saúde segue monitorando outros casos de pacientes com sintomas em SFI

POSTADO EM 21/03/2020 19:08:00 POR: VNOTÍCIA

 

Matéria atualizada às 13h30 deste domingo, 22/03/20

 

Além da mulher que foi o primeiro caso notificado ao Ministério da Saúde como suspeito para coronavírus em São Francisco de Itabapoana, a secretaria reavalia a possibilidade de notificar outros dois casos, a partir da Portaria 454 do Ministério da Saúde. Trata-se de uma idosa de Barra do Itabapoana e de um jovem em Valão Seco, ambos com sintomas respiratórios.

 

O secretário municipal de Saúde Sebastião Campista chegou a afirmar ao VNOTÍCIA neste sábado que esses pacientes seriam notificados como suspeitos, mas os casos seguem em análise e serão reavaliados. A equipe médica que está fazendo o monitoramento dos pacientes decidirá se eles passarão de monitorados para suspeitos.

 

Os dois casos são de uma idosa de 68 anos da Praia de Barra do Itabapoana e um homem de 35 anos que reside na localidade de Valão Seco.

 

A idosa esteve há cerca de 10 dias no Rio de Janeiro, mas não teve contato com paciente positivo para Coronavírus. Ela está apresentando os seguintes sintomas: tosse seca, dor de cabeça e quadro de cansaço, entretanto não apresentou febre. Nenhum membro da casa da idosa está com sintomas.

 

Já o homem de Valão Seco está com sintomas gripais, dor no corpo e diarreia. Ele foi atendido no Hospital Manoel Carola e foi orientado a ficar em isolamento domiciliar.

 

A portaria, que declarou nesta sexta-feira, 20, o estado de transmissão comunitária do Coronavírus em todo o Brasil, mudou protocolos. O principal deles é que os gestores adotem medidas para promover o distanciamento social e evitar aglomerações, conhecidas como medidas não farmacológicas, ou seja, que não envolvem o uso de medicamentos ou vacinas.

 

Todos os países da Ásia e da Europa, como a Itália, por exemplo, estão conseguindo enfrentar a epidemia e evitar que mais pessoas adoeçam e tenham que ficar internadas, por meio de medidas simples como o isolamento domiciliar de pessoas com sintomas respiratórios por 14 dias. São sintomas respiratórios febre, tosse, dor de garganta ou dificuldade para respirar.

 

Quando uma pessoa apresenta estes sintomas, o médico irá prescrever o isolamento e emitir o atestado para o doente e todas as pessoas que residem no mesmo domicílio por 14 dias, conforme a Portaria Nº 356 de 11 de março de 2020.

 

Outras quatro pessoas são monitoradas

 

A secretaria de Saúde de SFI segue monitorando mais quatro casos no município. São pacientes sem sintomas, mas com histórico que fez a secretaria monitorá-los.

 

Conforme divulgado aqui no VNOTÍCIA, um casal de idosos de Barra do Itabapoana que esteve no Rio de Janeiro entre os dias 09 e 10 de março é monitorado desde o dia 16 de março. Eles tiveram contato com  duas pessoas que testaram positivo para o Coronavírus, o genro e a filha. A quarentena do casal está perto de terminar.

 

Os outros dois casos são de duas mulheres, uma de Gargaú e outra de Travessão de Barra, que chegaram recentemente de viajem. Felizmente também estão assintomática.

 

 

Leia mais em GERAL