SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Deputado estadual de Campos, Gil Vianna morre vítima de covid-19

POSTADO EM 20/05/2020 06:03:00 POR: VNOTÍCIA

 

O deputado estadual da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, Gil Vianna (PSL), de 54 anos, morreu na noite desta terça-feira (19) vítima da covid-19. A informação foi confirmada pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro por meio do Twitter. Gil Viana tinha sua base eleitoral em Campos dos Goytacazes.

 

Segundo a Alerj, o deputado estava internado havia oito dias em um hospital particular em Campos dos Goytacazes. O estado clínico era considerado estável, mas ele apresentou piora no início da noite desta terça-feira e precisou ser entubado. Viana não resistiu a uma parada cardíaca e morreu às 22h45.

 

Em nota, o presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), se solidarizou com a família de Vianna. “Infelizmente perdemos nosso Gil Vianna. Um ótimo sujeito, simples, um amigo nosso, apenas 54 anos. É uma grande tristeza”, disse.

 

O presidente da Alerj anunciou o luto com a suspensão das atividades da Casa por três dias.

 

Carreira

 

Policial militar, Gil Vianna iniciou a carreira política em 2008, como vereador em Campos dos Goytacazes. Ele estava no primeiro mandato como deputado estadual, após ter sido eleito em 2018 com 28.636 votos.

 

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), informou nesta terça-feira (19) que será criada uma comissão mista, composta por deputados e senadores, para avaliar a possibilidade de adiamento das eleições municipais deste ano sem a prorrogação de mandato de prefeitos e vereadores.

 

 

“Ninguém está livre não, rapaz”. Foi o que o deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Campos, Gil Vianna (PSL) disse no dia 12, em um de seus últimos áudios , antes de falecer na noite de hoje (19) de Covid-19, na UTI do Hospital da Unimed em Campos.

 

Sem velório, por conta da doença, seu enterro será na manhã desta quarta (20) no Campo da Paz.

 

Gil, deixa viúva e três filhos. Com o mais velho, de 24 anos, chegou a falar hoje, antes de ser intubado à noite. É a 21ª morte oficial da pandemia no município de Campos, que até esta terça (19) tinha mais 10 mortes investigadas, com 382 casos confirmados e 1.065 suspeitos.

 

Gil começou a sentir os primeiros sintomas da Covid no Rio de Janeiro, por volta do dia 5. Lá fez o exame PCR, que confirmou a doença e veio para Campos, se internando na Unimed na noite do dia 11, inicialmente em um leito clínico. Com a piora do quadro, foi transferido à UTI do hospital na madrugada do dia 14, na qual faleceu na noite de hoje.

 

 

Aliado da família Garotinho em seus dois mandatos como vereador, Gil rompeu com o governo Rosinha ao votar contra a “venda do futuro” de Campos. Nas eleições municipais de 2016, após quase compor chapa com Rafael Diniz (cidadania), foi candidato a vice-prefeito de Caio Vianna (PDT).

 

Da redação com informações do site Folha 1.

 

Leia mais em GERAL