SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Sepultado em Barra do Itabapoana casal que morreu em acidente na BR-101 em Macaé

Postagens encheram as redes sociais de mensagens de solidariedade à família

POSTADO EM 23/06/2020 12:15:00 POR: VNOTÍCIA

 

Um trágico acidente ocorrido na madrugada desta segunda-feira, 22, na BR-101, em Macaé, resultou na morte de um casal de São Francisco de Itabapoana.

 

As vítimas são a professora Marinez Pereira, da localidade de Divinéia, no entorno de Buena, e seu marido Wanderley Nascimento de Oliveira, de Barra do Itabapoana.

 

As circunstâncias do acidente ainda estão sendo apuradas, mas já se sabe que o carro em que estava o casal deu perda total. Os corpos foram encaminhados para o IML de Macaé. A notícia da morte do casal chegou somente no final da tarde desta segunda-feira, em Divinéia.

 

Os corpos de Marinez, de cerca de 50 anos, e Wanderley foram sepultados na manhã desta terça-feira, no Cemitério de Barra do Itabapoana.

 

Centenas de postagens encheram as redes sociais de mensagens de solidariedade à família e enumeraram os bons adjetivos que qualificaram a brilhante professora. Atuante na Igreja Católica de São Jorge, em Buena, Marinez deixa um legado em seu trabalho como catequista. Também se destacou em sua jornada como liderança com jovens na Igreja Católica.

 

A história de amor entre a professora Marinez, o magistério, a Igreja e o marido Wanderley foi contada nas muitas mensagens postadas no Facebook, confira aqui. Os perfis do Facebook das Escolas Municipais Hilda Ramos e Cleide Canela de Souza, que Marinez trabalhou, manifestaram o luto pelo falecimento da professora.

  

Marinez trabalhava em Macaé desde 2006, tendo passado em um concurso público para a rede municipal de ensino daquele município. Era uma batalhadora, nessa jornada entre São Francisco e Macaé, exercendo a profissão de professora. Há 4 anos, quando se casaram, Marinez e Wanderley foram morar em Córrego do Ouro, na Região Serrana de Macaé, mas há um ano resolveram voltar para Divinéia para cuidar dos pais. A professora não tinha filhos, mas deixa muitos filhos/alunos órfãos da grande professora e catequista.

 

À família do casal, o VNOTÍCIA e a Rádio São Francisco desejam os mais sinceros pêsames, e se solidarizam com todos nesse momento de profunda dor.

 

 

Leia mais em GERAL