SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

A pedido do MPF, operação conjunta notifica ocupações irregulares na Ilha da Convivência

POSTADO EM 03/07/2020 16:51:00 POR: VNOTÍCIA
Ascom SFI
Ascom SFI

Atendendo solicitação do Ministério Público Federal (MPF), a Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI), com o apoio da Prefeitura de São João da Barra (SJB), realizaram uma operação na Ilha da Convivência para notificar ocupações irregulares no local, que é uma Área de Preservação Permanente (APP). A ação aconteceu nesta quinta-feira (2), sendo notificadas nove famílias, todas moradoras em SJB.

 

“Embora a Ilha da Convivência pertença a SFI, todas as famílias, sem exceção, residem no município vizinho. Encontramos 12 barracas de madeira e palha, mas não conseguimos notificar três famílias, que estavam pescando em alto mar. Vale ressaltar que lá não existe ninguém em situação de vulnerabilidade social, já que são assistidos pelo Cras (Centro de Referência de Assistência Social) e recebem benefícios como o Bolsa Família e seguro-defeso, por exemplo”, informou a secretária municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil, Luciana Soffiati, acrescentando:

 

“A ocupação irregular da ilha não é destinada à moradia das pessoas. Algumas usam para a limpeza de peixe, como área de lazer e até de base de apoio para comunicação com os pecadores quando estão trabalhando em alto mar, alegando que ali o sinal do rádio tem um alcance maior e melhor recepção”.

 

 

 

Durante a operação conjunta, além das famílias serem notificadas sobre a situação de ocupação irregular, os agentes removeram estacas de madeiras e redes de pesca que estavam servindo de demarcações de lotes. Todo o material foi recolhido pela equipe da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Público de SJB e descartado no lixo.

 

“Vamos encaminhar o laudo da operação ao MPF com o devido cadastro realizado pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de SJB das famílias que ocupavam irregularmente a Ilha da Convivência. Agradeço a receptividade das pessoas que estavam no local e entenderam o nosso trabalho, à Prefeitura de SJB e aos agentes da Unidade de Policiamento Ambiental (Upam) de Santa Maria Madalena pelo apoio na operação”, finalizou Luciana.

 

Ascom SFI

Leia mais em GERAL