SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Aplicativo da Defensoria vai oferecer serviços jurídicos gratuitos a toda a população do Rio

POSTADO EM 14/10/2020 17:26:00 POR: VNOTÍCIA

A Defensoria Pública do Rio de Janeiro (DPRJ) lançou nesta quarta-feira, dia 14, o aplicativo "Defensoria RJ", que permitirá que as pessoas que buscam justiça gratuita ou que já são assistidas pela instituição possam ter acesso direto à Defensoria.

 

Na edição desta quarta-feira, 14, do Jornal São Francisco é Notícia da Rádio São Francisco FM, a defensora pública Isabela Menezes, coordenadora regional da Defensoria RJ, falou sobre o lançamento da ferramenta. (Assista aqui ao vídeo).

 

O aplicativo vai possibilitar agendamento de atendimentos tanto remotos quanto presenciais; encaminhamento de documentações; consulta, remarcação e cancelamento de agendamentos; interação entre os usuários e a Defensoria; e informação sobre processos. Somente atendimentos urgentes ainda precisarão ser feitos presencialmente. 

 

Com o aplicativo instalado, a primeira coisa a fazer é se cadastrar com nome, e-mail, CPF e endereço, além da criação de sua senha de acesso. Caso já tenha sido atendido pela Defensoria, parte dessas informações serão preenchidas automaticamente pelo banco de dados da instituição. Depois, será necessário que o assistido faça a verificação de identidade enviando uma foto sua e um documento de identificação como RG ou CNH.

  

Depois da validação, o sistema pedirá confirmação para saber se o assistido é dono do celular, se tem acesso a internet e se pode receber o atendimento remoto. Após as respostas, o assistido poderá ser atendido diretamente pelo app. Para o primeiro contato entre a pessoa e a Defensoria basta clicar na aba “marcar atendimento”, onde haverá um campo solicitando a descrição do caso. As informações serão analisadas por inteligência artificial preparada para compreender a forma que o assistido se expressa, ou seja, "sem juridiquês".

 

O assistido será direcionado para as três opções que mais se encaixam no perfil da demanda apresentada. Caso nenhuma dessas seja a área procurada, é possível escolher entre as demais opções de atendimento. Após responder algumas perguntas, iguais às feitas pelo atendimento do 129, o cidadão poderá escolher como prefere seguir com o atendimento: presencial ou remoto. O sistema, então, irá apresentar ao assistido a expectativa para que seu atendimento seja continuado e ele será notificado para que envie os documentos necessários.

 

A ideia do app não é substituir, mas agregar, principalmente neste momento de pandemia. O aplicativo Defensoria RJ se unirá ao 129, telefone da Central de Relacionamento com o Cidadão (CRC), facilitando o contato dos assistidos com o órgão. O aplicativo estará disponível nas lojas Play Store e App Store.

 

Leia mais em GERAL