SOBRE     |     FALE CONOSCO

POLÍTICA

Câmara de SJB instaura CPI para investigar serviço de Home Care

POSTADO EM 08/06/2016 16:48:00 POR: VNOTÍCIA

 

Acatando requerimento proposto pelos vereadores, Alex firme, Sônia Pereira, Ronaldo Gomes e Jonas Gomes, o presidente da Câmara de São João da Barra, Aluizio Siqueira, instaurou, na sessão desta quarta-feira (8), uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis ilegalidades na prestação do serviço de home care no município. Os requerentes apresentaram como justificativa, uma denúncia protocolizada no dia 23 de maio, pela filha de um assistido pelo serviço, Scheilla Maria Soares Rocha, que procurou o Legislativo representando um grupo de usuários do home care.

 

Em plenário, Aluizio leu o requerimento proposto pelos parlamentares e, em seguida, a decisão pela abertura da CPI, para a qual foram nomeados: Jonas Gomes de Oliveira (presidente), Ronaldo Gomes de Souza (vice-presidente) e Sônia Pereira, Alex Firme e Elísio Rodrigues (membros).

 

A CPI vai investigar a existência de suposta fraude na licitação para contratação do serviço de home care (de pequena, média e alta complexidade) e a apresentação de atestados médicos diferentes da realidade clínica dos pacientes para fins de modificação no atendimento. “O home care está sendo mal executado. Pegaram vários pacientes de alta complexidade e colocaram como média e baixa. Isso não pode ficar assim”, comentou Ronaldo. “Esse é um serviço de extrema necessidade; ninguém deseja ficar em cima de uma cama. O serviço está péssimo e quem trabalha nesse setor tem que atender com carinho e respeito”, disse Jonas. 

 

 

– Foram várias denúncias protocoladas, recebi várias famílias aqui na Câmara, tentamos resolver por meio de indicação, fizemos pedido de informação (nº 032/16), mas o prazo já expirou e a Prefeitura não respondeu. A coisa chegou a tal ponto que, diante dos fatos, denúncias e tantas negativas, recebi esse pedido dos quatro vereadores (presidente não pode participar), analisamos com a procuradoria desta Casa e estamos abrindo hoje essa CPI para averiguar o que está acontecendo com esse serviço que é pago com dinheiro público e tem que ser bem feito – justificou Aluizio Siqueira.

 

A equipe do VNOTÍCIA já fez contato com a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São João da Barra e aguarda uma resposta.

  

Fonte: Ascom Câmara SJB

Leia mais em POLÍTICA